Este site usa cookies para garantir que você obtenha a melhor experiência.

Esqueceu sua senha?

Notícias do Setor

Private Equity | 4 startups de recursos humanos para ficar de olho Adicionado em 23/05/2022
 
As HRtechs, startups com foco em recursos humanos, foram um dos destaques na lista das 100 Startups to Watch 2021, iniciativa que busca techs mais atraentes do mercado brasileiro. E elas continuam crescendo em um ritmo acelerado. Veja 4 empresas selecionadas pelo 100 STW — as inscrições para a edição deste ano continuam abertas até o dia 5 junho em www.startupstowatch.com.br — para ficar de olho.

HRtechs foram um dos destaques na lista das 100 Startups to Watch 2021 (Foto: Reprodução/Pexel)

Sólides

Alessandro Garcia e Mônica Hauck, da Sólides (Foto: Divulgação)

A Sólides é uma startup de recursos humanos focada em pequenas e médias empresas que tem o objetivo de aumentar a produtividade dos colaboradores e reduzir a rotatividade. Nos últimos três anos, a empresa triplicou o número de clientes e atingiu cerca de 12 mil organizações. Em fevereiro deste ano, anunciou qm aporte de R$ 530 milhões em uma rodada Série B promovida pela gestora de private equity Warburg Pincus. E não parou por aí: três meses depois fez a aquisição do Tangerino, startup de controle de ponto digital, como parte da estratégia de crescimento.

Intera

Intera: Augusto Frazão, Paula Morais e Juliano Tebinka (Foto: Divulgação)

A Intera nasceu em 2018 com o propósito de ajudar as empresas a atrair e recrutar talentos para o mercado digital. Para isso, desenvolveu um método próprio de recrutamento, chamado de Hunt Hacking, que utiliza tecnologia e inteligência de dados e trabalha em cima da previsibilidade de resultados. A ideia é atrair os melhores profissionais para vagas complexas. Em 2021, a Intera cresceu 125% a base de clientes e o faturamento foi em torno de 265%, quando comparado com o ano anterior — em que faturou R$ 3 milhões. Entre os principais clientes estão Azul, Ambev, Alpargatas, Gerdau, iFood, Hotmart, Ebanx, Quinto Andar, XP Inc., Banco Itaú, Inter, B3, Dock Alelo e Avenue.

Gupy

A Gupy foi criada em 2015 por Mariana Dias, Bruna Guimarães, Guilherme Dias e Robson Ventura (Foto: Divulgação)

A Gupy, startup especializada em soluções de recursos humanos como recrutamento e divulgação de vagas, começou o ano pisando no acelerador. Em uma megarodada em janeiro desde ano, a empresa anunciou um aporte de R$ 500 milhões, liderado por Softbank e Riverwood. Apenas 10 dias depois, a empresa anunciou a aquisição da hrtech Kenoby, considerada pela Gupy sua principal concorrente. O valor do negócio não foi divulgado, mas a movimentação faz a startup saltar de 1,5 mil clientes na América Latina para mais de 2,3 mil. A startup foi criada em 2015 por Mariana Dias, Bruna Guimarães, Guilherme Dias e Robson Ventura.

Flash

Ricardo Salem, fundador e CEO; Guilherme Lane, CTO; e Pedro Lane, fundador da Flash (Foto: Divulgação)

Especializada no mercado de benefícios corporativos, a Flash também pode comemorar bons resultados — a empresa registrou um crescimento de cinco a dez vezes no ano passado, na comparação com 2020. Em março deste ano, anunciou uma rodada de investimento Series C no valor de US$ 100 milhões. A Flash já tem um marketplace próprio com benesses que vão de contratação de planos de saúde a auxílio para academias. Há também uma plataforma de pontos, que permite aos colaboradores escolherem como desejam alocar seus recursos entre os benefícios ofertados pelas suas empresas. Por exemplo, é possível aumentar o vale-refeição ou melhorar o plano de saúde.

A sua startup está pronta para ser uma 100 Startups to Watch? Inscreva-se até 5 de junho no site www.startupstowatch.com.br.

Fonte: Pequenas Empresas & Grandes Negócios


Comentários


Mapa do Site | Links Úteis | FAQ | Contato | Localização
ABVCAP RJ: Av. Nilo Peçanha nº 50 sala 501 - Centro - Rio de Janeiro - 20020-906 | Telefone: 55-21-3970-2432
ABVCAP SP: R. Pequetita nº 145, 8º andar, cj 81 - Vila Olimpia - São Paulo - 04552-060 | Telefone +55 11 3106-5025